quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

O Celibato

Muito se fala acerca do celibato.
Dizem que é a vivência e uma aproximação da realidade escatológica.
E é-o de facto.


Mas para mim é ainda mais que isso!

Ser celibatário é desafiar as leis da natureza humana
em virtude de uma entrega da própria vida a Deus
e ao Seu povo para o serviço.

Estar disponível para servir todo o povo de Deus
sem acepção de pessoas.

Os padres diocesanos, celibatários que são, são convidados
a identificar-se com Cristo, o Bom Pastor.

Também eu vou ser ordenado padre dia 1 de Junho.
Por isso escolhi como lema para a minha ordenação,
e para a minha vida, a frase do Evangelho de S. João:

“O bom pastor dá a vida pelas suas ovelhas”

Jo 10,11.

O Bom Pastor é Cristo,
e as suas ovelhas somos todos nós, o povo de Deus.
Também eu, com a Graça de Deus,
quero identificar-me com Cristo.
Também eu entrego a minha vida pelo povo.
Estou assim ao serviço do povo,
com disponibilidade para o povo
em nome de Cristo, o Bom Pastor.

Ajudai-me Senhor ser imagem do Bom Pastor.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Bin Laden

video

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

O mal existe?


Recebi um e-mail bastante interessante…

Fala da questão do mal. Será que o mal existe? Ou será apenas ausência de bem.
O frio não existe. Existe sim ausência de calor.
A escuridão não existe. Existe sim ausência de luz.

O mal também não existe.
Pelo menos por si mesmo.
O mal é simplesmente a ausência de bem.
O mal é uma definição que o homem criou para descrever a ausência de Deus.

Deus não criou o mal.
Não é como a fé ou como o amor, que existem como existem o calor e a luz.
O mal é o resultado da humanidade não ter Deus presente em seus corações.

Esta teoria é atribuída a Albert Einstein nos seus tempos de juventude.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Cultura geral…

Na minha caixa de correio electrónico recebo de tudo.
Coisas muito interessantes, coisas muito úteis, coisas sem jeito, spam, etc…
Recebi um e-mail de uma amiga bastante curioso e instrutivo para a cultura geral de todos.
Vocês já devem estar fartos de ler isto. É à cerca de expressões populares vulgarmente utilizadas. Mesmo assim passo a apresentar para quem ainda não sabe:


Erro crasso



Significado: Erro grosseiro.

Origem: Na Roma antiga havia o Triunvirato: o poder dos generais era dividido por três pessoas. No

primeiro destes Triunviratos , tínhamos: Caio Júlio, Pompeu e Crasso. Este último foi incumbido de atacar um pequeno povo chamado Partos. Confiante na vitória, resolveu abandonar todas as formações e técnicas romanas e simplesmente atacar. Ainda por cima, escolheu um caminho estreito e de pouca visibilidade. Os partos, mesmo em menor número, conseguiram vencer os romanos, sendo o general que liderava as tropas um dos primeiros a cair. Desde então, sempre que alguém tem tudo para acertar, mas comete um erro estúpido, dizemos tratar-se de um "
erro crasso".