quarta-feira, 12 de Dezembro de 2007

Ordenação Diaconal

É sempre com grande alegria que a Igreja chama e acolhe aqueles que se disponibilizam ao Sacramento da Ordem.
Alegria, foi o que não faltou na Catedral de Bragança dia 8 de Dezembro, Solenidade da Imaculada Conceição.
Muito povo de Azinhoso, Pereira, Vilar Seco, Mogadouro, Macedo, e de outros pontos do país se fez à estrada em direcção a Bragança.
Havia também muitos clérigos. Uns eram da Bragançanos mas outros eram de longe… Vila-Real, Viseu, Guarda, Lamego, Porto, Lisboa…

Todos vieram com alegria para a ordenação Diaconal do Júlio, do Nelson e do Sérgio.
Após a Celebração houve um convívio na Escola Secundária Miguel Torga onde se petiscou, se riu e se brincou. Estourou-se o champanhe e partiu-se o bolo.

Mais três novos Diáconos para a nossa Diocese de Bragança-Miranda. Deste modo o presbitério diocesano fica mais enriquecido e rejuvenescido.
Os três novos Diáconos vão continuar com o estágio pastoral, tendo agora um papel mais activo nas comunidades. Na Eucaristia assistem o sacerdote proclamando o Evangelho entre outras funções. Podem já agora também pregar, assistir em nome da Igreja aos casamentos, administrar baptizados, presidir aos ritos dos funerais, tal como administrar os sacramentais.

O Serviço e a Palavra são o centro do ministério Diaconal.
Que a nossa ordenação Diaconal seja um incentivo e um estimulo à vocação de todos vós.

3 comentários:

david santos disse...

Olá, Né.

É com grande alegria que recebo esta notícia.
Faço votos para que tudo que tu desejes para o bem da humanidade se realize.
Que Deus esteja sempre contigo e por teu intermédio com todas as almas vivas, seres vivos, existentes no Universo.
Os meus sinceros parabéns e o desejo de um feliz Natal, também este alargado ao Universo.
Parabéns

David Santos

Marlene Maravilha disse...

Olá meu amigo e irmao!
Eu parabenizo-te por todas estas bencaos! Vi as fotos no blog do Julio! Fiquei feliz e louvei a Deus.
abracos

Júlio da Costa Gomes disse...

Grande Mano... estamos no Barco... Agora é preciso, mais do que nunca acreditar pois " o Senhor é a minha força". Não tenhas medo. Hasta la vitoria siempre companhiero temos que guardar as canhonas bem e procurar essencialmente a canhona perdida. Abraço